domingo, 6 de setembro de 2009

Prazer, abismo!

Eu sou o céu, eu sou o mar... sou a gota d'água que pinga em teu nariz.
Sou abismo, sou névoa, sou trevas e sou luz! Sou amor, dor e cafeteria.
Sou solidão, paixão, coração. Sou areia, fogo, sou elemento, sou cinzento.
Ando pelo ar, perco o fôlego no ato de voar, mas vôo e vôo alto, pensamento.
Sou voraz, sou malandro, sou o canto, o pranto, o mais lindo e feio pesar.
Se nessa terra ainda tem um chão que não pisei, me convide pra entrar,
com graça e compaixão hei de pisar, e assim então irei contemplar, falar.
Do inferno ao paraíso, sou tua paixão e desgraça. Sou teu ego, tua raça.
Se quiseres, basta pedir... ecoe 3 vezes o meu nome e assim faço fluir.
Salve salve, minha gente. Um beijo árduo, PORQUE SOU QUENTE!!!

4 comentários:

  1. Ficou até legal, mas essa parada de "EU SOU" já tá manjada pra caralho.

    ResponderExcluir
  2. foi meu Zé Pilintra que escreveu, reclame com ele. HAHA :P

    ResponderExcluir
  3. pq sempre sai Anônimo? ¬¬
    Júlio aqui :P

    ResponderExcluir